Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Flordelis em março de 2019

No julgamento de Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza, pela morte do pastor Anderson do Carmo, a denúncia apelou para o lado sentimental para influir os sete jurados que deram o veredito que condenou os filhos da ex-deputada Flordelis dos Santos de Souza. O advogado de denúncia Angelo Máximo decidiu exaltar o lado da gratidão, característica que declarou ter faltado à família do pastor, vítima do ahomicídiotramado dentro da própria casa do religioso. Se condenou Os réus Flávio e Lucas em a manhã de esta quarta-feira. Máximo deu o seu exemplo, quando era office-boy, que e deu certo, no escritório do criminalista Michel Assef, que declarou tê-locomeçadoo na advocacia. Para se aproximar do advogado famoso, ele contou que lhe serviu cafezinho, correndo atrás do sonho de fazer o curso de direito.

Flávio e Lucas respondem pelo crime de assassinato triplamente qualificado .Para o julgamento nesta terça-feira, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, culpado pelo processo desde o seu começo, requereu à Diretoria-Geral de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça e ao 12º BPM aampliaçãono número de policiais no 12º andar do fórum, onde fica o plenário do Tribunal do Júri, e na portaria do edifício.

Flordelis dos Santos de Souza, mais conhecida como Flordelis MT • TdeB é uma cantora, pastora e política brasileira.

Ano que vem: Flordelis pode ir a julgamento pela morte do pastor Anderson do Carmo no primeiro trimestre de 2022

— Meu pai era despachante e me arrumou o emprego no escritório do Michel. Eu ficava sempre no telefone, atendendo as pessoas, quando tive a ideia de servir cafezinho para ele, foi. Eu fiquei parado esperando, quando ele concluiu de beber. «Meu filho, o que está acontecendo?», perguntou Ele me. Eu disse que queria ser advogado como ele e que precisava pagar a faculdade, mas ganhava só a metade do valor da mensalidade. Ele dobrou o meu salário para que eu me formasse. Hoje estou aqui, num dos maiores júris brasileiros de repercussão internacional. Devo isso a ele. Isso é gratidão! — alegou Máximo.

Ele se lembra que passou a trabalhar lá em 1998 e passou seis anos no escritório dele, de office-boy, passando por estagiário até ser advogado. Filho de pai despachante e mãe empregada doméstica, ele conta que nasceu e aumentou no bairro de Galo Branco, em São Gonçalo, onde teve uma infância pobre. Estudante de escola pública, acabou se formando na faculdade de direito Plínio Leite, em Niterói, com a assistência de Assef.

— Ele dobrou o meu salário na época, que era de R$ 350, antes de eu servir o cafezinho — brinca o, atualmente, assistente de denúncia da família do pastor Anderson.

Agressões, joelho no milho e castigos: filha de Flordelis relata o perfil agressivo do irmão

Na noite de terça-feira, ele exercitou tudo que aprendeu nos últimos quase 20 anos na advocacia. De frente para os jurados, Máximo clamou por Justiça no caso Anderson. Evidenciou que não foi só o pastor quem faleceu, como também a mãe e a irmã dele, Maria Edna e Michele do Carmo. As duas faleceram logo depois do crime.

Os jurados, ao serem escolhidos, passam a ficar incomunicáveis, não podendo estabelecer qualquer comunicação entre eles ou com terceiros até o término do julgamento. Se os obriga a desligar seus celulares e entregá os a o oficial de Justiça.. Os jurados são pessoas habituais, habitantes de Niterói, que não necessariamente têm formação jurídica.

— Foi um crime que matou uma família! Faz 2 anos, Uando ela caiu doente, eu fui em a casa de Michele que me contratou,, que.ca mais se ergueu. Ela era uma mulher forte, aguerrida. Depois da morte de Michele, foi a vez da Dona Edna, nove meses depois. Poucos dias antes de morrer, ela me pediu para fazer justiça. Por isso, eu peço aos senhores, façam justiça! — implorou diante do Conselho de Sentença.

Sinopse: a trama da morte do pastor Anderson do Carmo em poucos vocábulos

Segundo Máximo, de 44 anos, ele não recebe nada para ser o assistente de denúncia do caso. A justiça, conta ele, é uma dívida que tem com Anderson, Maria Edna e Michele. AtualmentJorge de Souza, que esteve presente na parte inicial do julgamento na tarde de terça-feira. Jorge de Souza, que esteve presente na parte inicial do julgamento é o pai da vítima. Jorge de Souza, que esteve presente na parte inicial do julgamento é o pai da vítima.

Caso Flordelis:

O julgamento vai ter reforço no policiamento a pedido da juíza do caso. Nearis requereu à Diretoria-Geral de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça e ao 12º BPM aampliaçãono número de policiais no 12º andar do fórum, onde fica o plenário do Tribunal do Júri, e na portaria do edifício. O começo da sessão está marcado para 13h.

— Senhores, Anderson do Carmo esculpiu Flordelis dos Santos de Souza. Fez dela uma pastora, cantora e política. Hoje, o que vemos é que a morte dele faltou a gratidão no coração dela — acusou.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Sao Goncalo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Em julgamento de filhos de Flordelis, assistente de denúncia recorda do tempo que servia cafezinho
>>>>>Caso Flordelis: juíza pede reforço no policiamento para júri de filhos da pastora; veja passo a passo do julgamento – November 22, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Caso Flordelis: entenda a morte do pastor Anderson do Carmo em poucas palavras – (Extraoglobo-pt)
>>>>>’Espero que a justiça seja feita. É muita maldade, ganância’, diz pai de pastor Anderson em dia de julgamento do caso Flordelis – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 0 NONE 14 me: 5, Eu: 3, eu: 3, (tacit) eu: 3
2 Anderson Carmo do 0 0 PERSON 7 Anderson_do_Carmo: 1, Anderson: 1, o caso Anderson: 1, (tacit) ele/ela (referent: Anderson_do_Carmo): 1, ele (referent: o pastor Anderson_do_Carmo): 3
3 Máximo 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Máximo): 1, Ele (referent: Máximo): 1, Máximo: 3
4 Flordelis 0 0 PERSON 4 Caso Flordelis: 1, Flordelis: 1, ela uma (referent: Flordelis_dos_Santos_de_Souza): 1, Flordelis_dos_Santos_de_Souza: 1
5 julgamento 40 0 NONE 3 julgamento: 1, o julgamento: 1, O julgamento: 1
6 jurados 0 0 NONE 3 os sete jurados: 1, os jurados: 1, Os jurados: 1
7 salário 0 0 NONE 3 meu salário: 3
8 crime 0 160 NONE 2 um crime: 2
9 pastor 0 140 NONE 2 o pastor: 2
10 Jorge de Souza 160 0 PERSON 2 Jorge_de_Souza (apposition: o pai de a vítima): 2