Por: SentiLecto

Paramilitares de várias partes do estado se juntaram para ajudar a maior milícia do Rio, que tem sua base na Zona Oeste, a expandir seus domínios. Fotografias e mensagens encontradas por agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense em celulares de integrantes da milícia de Queimados revelam a participação do bando em várias disputas entre a quadrilha de Wellington da Silva Braga, o Ecko, e a maior facção do tráfico do Rio desde 2018.

Os paramilitares de Queimados auxiliaram a milícia a invadir as favelas da Praça Seca, na Zona Norte, de Antares, na Zona Oeste, e Grão Pará, em Nova Iguaçu. Numa das fotografias encontradas pela polícia, Victor Valladares Silva, assinalado como um dos chefes da milícia de Queimados, aparece vestido com uma farda camuflada semelhante à uutilizadapelo Batalhão de Operações Especiais e um fuzil com outros dois integrantes do grupo. Segundo a polícia, a fotografia foi tirada na favela de Antares — que era dominada pelo tráfico e o bando tomou ela de Ecko em meados de 2018.

Como o EXTRA revelou ontem, a Delegacia Antissequestro identificou Valladares como um de os culpados por o sequestro e pela realização de Márcio de Oliveira Caroba da Silva, o Larraia, chefe do tráfico do Morro Azul, no Flamengo. Faz 3 meses, quando visitava parentes em Queimados, os paramilitares capturaram Larraia. Antes de matá-lo, a milícia tentou negociar um resgate com uma irmã do traficante, que mora na Suíça.

A DAS por os milicianos encontrou todos os cativeiros utilizados e periciados. Os sequestradores trocavam Larraia de endereço a cada dia. Todos eram casas pequenas em localidades ermas. Alugou-se o último exclusivamente para o crime. O último é um sítio em Japeri.— A DAS trabalha para quem precisa. Não importa se a vítima é traficante, miliciano. O que importa para a gente é que há um crime e há culpados por ele. E nós vamos elucidar e prender todos.

Na quinta-feira 03 de setembro Seis suspeitos de integrarem a milícia de Wellington da Silva Braga, o Ecko – um das ladrinhas mais procurados do Rio -, foram presos em flagrante, nesta quarta-feira, por policiais da 35ª DP . Michel Cunha de Carvalho, Renan Ribeiro Vieira, Allander Santos Luxemburgo, Natan Rocette de Albuquerque, Elionai dos Santos de Oliveira e o ex-PM Clauber Batista da Conceição estavam com armas e uma granada, além de coletes à prova de balas e roupas camufladas. Todos se os acusava de extorquir dinheiro de comerciantes em Campo Grande em a Zona Oeste do Rio,.

O trato entre as milícias da Zona Oeste e da Baixada calcula ajudinha mútua: Ecko manda reforços para Queimados para que a milícia local aumente o controle sobre o território e, em troca, os paramilitares da Baixada precisam fornecer homens e fuzis em casos de invasões que interessam a Ecko. Em Queimados, já é possível notar o resultado da parceria: em agosto, dois milicianos de Campo Grande, na Zona Oeste, foram presos em Queimados por agentes da distrital do município, a 55ª DP.

A Polícia Civil já percebeu a existência de acordos parecidos fechados por Ecko e milicianos de outras partes da Baixada, como Nova Iguaçu e Queimados.

Coalizão com Ecko

Três homens acusados pelo sequestro de Larraia já foram presos pela DAS: Marcos Toledo o Magu Marcos Toledo é robson Rodogério Mathias., e Sandro do Amaral Pinto — todos integrantes da milícia de Queimados, segundo a DAS. As prisões foram feitas com ajudinha do Disque Denúncia e da DHBF, que já investigava o bando. Valladares e Duim, os dois chefes da milícia, estão foragidos. A investigação segue em andamento para apurar a participação de policiais no crime. Se encontrou o corpo não até hoje.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Milicianos da Baixada Fluminense e da Zona Oeste se juntaram para invadir favelas no Rio
>>>>>Milícia sequestrou e executou chefe do tráfico do Morro Azul, conclui polícia – September 21, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Queimados 0 0 PLACE 7 Queimados: 7
2 milícia 0 80 NONE 5 a milícia local: 1, a milícia: 4
3 DAS 0 0 ORGANIZATION 4 A DAS: 1, a DAS: 2, (tacit) ele/ela (referent: A DAS): 1
4 presos 0 240 NONE 3 presos: 3
5 Ecko 0 0 PERSON 3 Ecko: 3
6 Ecko 0 0 ORGANIZATION 3 a Ecko: 1, o Ecko: 2
7 crime 0 160 NONE 2 um crime: 1, o crime: 1
8 Michel_Cunha_de_Carvalho Renan_Ribeiro_Vieira Allander_Santos_Luxemburgo Natan_Rocette_de_Albuquerque Elionai_dos_Santos_de_Oliveira e o ex-PM Clauber_Batista_da_Conceição 0 50 PERSON 2 (tacit) eles (referent: Michel_Cunha_de_Carvalho Renan_Ribeiro_Vieira Allander_Santos_Luxemburgo Natan_Rocette_de_Albuquerque Elionai_dos_Santos_de_Oliveira e o ex-PM Clauber_Batista_da_Conceição): 1, Michel_Cunha_de_Carvalho Renan_Ribeiro_Vieira Allander_Santos_Luxemburgo Natan_Rocette_de_Albuquerque Elionai_dos_Santos_de_Oliveira e o ex-PM Clauber_Batista_da_Conceição: 1
9 DHBF 0 0 ORGANIZATION 2 a DHBF: 2
10 Larraia 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Larraia): 1, Larraia: 1