Por: SentiLecto

– Faz 25 dias, a Polícia Civil prendeu em esta um suspeito de ter participado de a assalto a agências bancárias em Botucatu em o último dia 30. Se realizou a prisão por policiais de o Departamento Estadual de Investigações Criminais. Com o homem, foram encontrados R$ 21 mil e um celular que continha o mapa do deslocamento até Botucatu. Pelo menos quatro das cédulas exibiam sinais de chamuscamento, segundo o Deic. A prisão aconteceu em Sapopemba, na Zona Leste de São Paulo. Os oficiais da 5ª Delegacia de Patrimônio, que realiza inquéritos sobre assalto a bancos, desenvolveu apurações sobre o crime, o que permitiu identificar um dos participantes do ataque. Autuou-se o suspeito por organização criminosa, segundo a Polícia Civil. Faz 25 dias, em uma ação organizada durante a madrugada, um grupo de cerca de 30 criminosos agrediu três agências bancárias em a cidade de Botucatu, em o interior de São Paulo, em o último dia 30. A quadrilha fez habitantes reféns e, com armamento pesado, trocaram tiros com policiais. Dois agentes foram feridos, mas não padecem risco de morte. Após a ação, um dos suspeitos foi morto durante a perseguição que durou até as primeiras horas da manhã. Os criminosos utilizaram explosivos para entrar nas agências – em outras duas foram encontrados explosivos não detonados. Segundo o «G1», o tiroteio entre ladrinhas e policiais durou mais que duas horas. Os criminosos dispararam contra um regimento da Polícia Militar e queimaram um veículo em frente à unidade para impedir a saída dos policiais. Na escapada, eles também queimaram caminhões em rodovias na área próxima à cidade. Há sete meses, a cidade foi alvo de uma ação similar de ladrinhas. Na ocasião, de acordo com a Polícia Civil, outro grupo assaltou uma agência da Caixa Econômica Federal e levou joias no valor de R$ 1 milhão. Os criminosos também fizeram alguns habitantes reféns e atiraram para o alto em uma das avenidas da cidade. Faz 6 meses, além de Botucatu, outras cidades de o interior de o estado também testemunharam ações similares de ladrinhas : Avanhandava, e Ourinhos, em maio. No ano passado, outro crime similar concluiu em calamidade na cidade de Guararema, também no interior de São Paulo. Na ocasião, 25 criminosos invadiram duas agências bancárias na cidade e entraram em confronto com a Polícia Militar durante a madrugada. Ao menos 11 criminosos foram mortos, outros 12 escaparam e mais dois foram presos. Após a ação, o governador João Doria parabenizou os de Polinesia Francesade Polinesia Francesa que participaram da ação, por terem colocado as ladrinhas «no cemitério».

PAULO. A Polícia conseguiu recuperar R$ 1,6 milhão roubados pela quadrilha que provocou pânico na cidade Botucatu, no interior de São Paulo, na madrugada de quinta-feira. Explosivos utilizados pela quadrilha lesaram três agências bancárias no centro da cidade. Lourenço Talamonte Neto declarou, segundo o site G1, que a ação rápida da polícia permitiu que parte do dinheiro fosse recuperado. Lourenço Talamonte Neto é o delegado seccional de Botucatu. Se os devolveu a os bancos, o R$ 1,6 milhão estavam em malotes e. Assalto: Criminosos provocam pânico em Botucatu com explosão de agência bancária e tiroteio de duas horas Ainda de acordo com o delegado, o alvo dos criminosos era a agência do Banco do Brasil,mas outras duas agências ficaram lesadas por causa dos tiros e estilhaços da explosão. Durante o roubo, a quadrilha de cerca de 30 pessoas utilizou explosivos, fez habitantes reféns e protagonizou cenas de trocas de tiros intensas com a polícia. A ação durou cerca de 3 horas e os criminosos também atiraram contra um regimento da Polícia Militar e queimaram veículos. A Prefeitura da cidade emitiu aviso para que os habitantes permanecessem em suas casas durante o tiroteio. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que baleou-se um de Polinesia Francesa em a perna durante a ação. Enquanto os criminosos comportar-se e durante a troca de tiros, nas redes sociais, habitantes relataram momentos de consternação durante a madrugada entre estes e os de Polinesia Francesa. Um deles mostra uma agência bancária em chamas após uma das explosões provocadas pela quadrilha.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Polícia Civil prende suspeito de participação em ataque a bancos em Botucatu
>>>>>Polícia recupera R$ 1,6 milhão roubados em assalto que provocou pânico em Botucatu – August 01, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Criminosos causam pânico em Botucatu com explosão de agência bancária e tiroteio de 2 horas com policiais – July 30, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 criminosos 40 830 NONE 9 Criminosos: 1, Os criminosos: 3, 25 criminosos: 1, 30 criminosos: 1, os criminosos: 2, 11 criminosos: 1
2 ação 0 0 NONE 6 A ação: 1, uma ação coordenada: 1, a ação: 4
3 quadrilha 0 0 NONE 6 A quadrilha: 1, a quadrilha: 5
4 agências 0 72 NONE 5 outras duas agências: 1, três agências bancárias: 2, agências bancárias: 1, duas agências bancárias: 1
5 a Polícia_Civil 0 60 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: a Polícia_Civil): 2, A Polícia_Civil: 1, a Polícia_Civil: 2
6 Botucatu 0 0 PERSON 5 Botucatu: 4, a cidade Botucatu: 1
7 moradores 0 0 NONE 5 moradores reféns: 2, os moradores: 1, alguns moradores reféns: 1, moradores: 1
8 explosivos 0 420 NONE 4 explosivos: 3, Explosivos usados: 1
9 assalto 0 250 NONE 4 assalto: 1, roubo: 1, Roubo: 1, o roubo: 1
10 cidade 0 80 NONE 4 a cidade: 4