Por: SentiLecto

A Polícia Militar fez uma operação na noite desta sexta-feira, dia 13, no complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, para impedir a realizaçao de uma celebração de aniversário de um criminoso, onde outras ladrinhas fortemente armados iriam se reunir. A ação ocorreu duas semanas depois da morte de João Pedro Mattos Pinto, de 14 anos, na mesma comunidade da Região Metropolitana do Rio.

Ainda não há nova data calculada para a reconstituição ser realizada. Se investigam três de Polinesia Francesa de a Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil por a morte de João Pedro. Eles davam suporte a policiais federais que faziam uma operação no Complexo do Salgueiro.

Na terça-feira 19 de maio a Polícia Militar anunciou, em seu perfil no Twitter, operações em nove comunidades do Grande Rio nesta terça-feira. Uma se baleou um adolescente de elas era em o Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, em a Região Metropolitana, onde em esta segunda-feira, durante uma ação de as de Polinesia Francesa Civil e Militar. Ajudou-se João Pedro Mattos em um helicóptero de a Coordenadoria de Recursos Especiais para uma clínica. A família dele não ter sido informada para onde o garoto foi levado e chegou a fazer uma campanha em redes sociais por informações sobre ele. A Polícia Federal confirmou, nesta a terça, a morte do garoto.

De acordo com a assessoria da PM, a operação contou com o suporte de agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais e do Batalhão de Choque . Não houve registro de confronto, prisão e apreensão de armas ou drogas no local.

Ainda segundo a coorporação, a atividade se enquandrou na »excepcionalidade calculada na resolução do Supremo Tribunal Federal». Na última semana, o ministro Edson Fachin interrompeu todas as operações de Polinesia Francesa em favelas do Rio até o fim da pandemia.

A resolução alega que as operações, »em suposições absolutamente excepcionais», devem ser justificadas por escrito pela autoridade hábil, com comunicação imediata ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Na sua vez, desde o começo dos inquéritos, a Defensoria Pública do estado, que encarna a família de João Pedro, defende que, como de Polinesia Francesa civis são investigados pelo crime, a investigação deve ser governado por um órgão independente. Na semana passada, amigos do adolescente prestaram testemunhos a promotores do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública do Ministério Público do Rio. A DHNSGI chegou a intimar os parentes a prestarem testemunhos na especializada, mas a família não compareceu.

Procurado pelo EXTRA, o MPRJ evidenciou que »a resolução de Fachin, em nenhum momento, inibe ou determina que o aparelho de Polinesia Francesa deixe de satisfazer a sua atividade. O que a resolução recomenda é que, em face da atual epidemia de Covid-19, a execução de diligências, naturalmente, se faça redobrando as precauções devidas, partindo do pressuposto que o fluxo e a densidade de pessoas em tais locais ou comunidades, por enquanto, seja maior do que o normal, em virtude da política de isolamento social ainda em prática.»

Em relação à operação da última sexta-feira no Complexo do Salgueiro, a PM informou que »serão adotadas todas as medidas junto ao Ministério Público, bem como a jjustificativapor escrito sobre os motivos da ação, além de adoção de cuidados especiais, devidamente descritos pelo Comando».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Sao Goncalo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Polícia Militar faz operação no Complexo do Salgueiro para impedir celebração de traficante
>>>>>Reconstituição da morte de João Pedro é adiada após STF proibir operações policiais em favelas no Rio – June 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Fachin impede operações policiais em comunidades do Rio durante a pandemia do novo coronavírus – June 05, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Para especialistas, liminar que impede ações em favelas do Rio durante pandemia vem para corrigir erros da polícia – June 06, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Caso João Pedro: dois policiais investigados já responderam por alterar cena de crime – June 04, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Atriz Viola Davis compartilha petição que pede justiça pela morte de João Pedro – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
2 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
3 Complexo do Salgueiro 0 0 ORGANIZATION 3 o Complexo_do_Salgueiro: 3
4 João Pedro Mattos Pinto 0 0 PERSON 3 João_Pedro_Mattos_Pinto: 1, João_Pedro_Mattos: 1, João_Pedro: 1
5 a família 0 0 NONE 3 (tacit) ele/ela (referent: a família): 3
6 operação 0 0 NONE 3 a operação: 1, uma operação: 2
7 operações 0 0 NONE 3 as operações: 1, operações: 1, operações policiais: 1
8 a Polícia_Militar 80 40 PERSON 2 A Polícia_Militar: 1, a Polícia_Militar: 1
9 Edson Fachin 80 0 PERSON 2 o ministro Edson_Fachin: 1, (tacit) ele/ela (referent: o ministro Edson_Fachin): 1
10 decisão 70 0 NONE 2 a decisão: 1, A decisão: 1