Por: SentiLecto

Apesar de ser altamente vaidoso, a ponto de receber o cognome de Johny Bravo — personagem de ilustração animada de compleição física avantajada, cabelos grandes, calças pretas apertadas e paquerador inveterado — o chefe do tráfico na Rocinha, John Wallace da Silva Viana, tem pavor de fotos e vídeos e é altamente vingativo. Tanto que ameaça matar o autor das imagens que o flagraram no baile funk em que aparece com uma escolta armada com vários marginais e pelo menos 22 fuzis diante de uma multidão de pessoas, inclusive crianças. «Quem gravou a equipe do Bravo na Rocinha no baile vai falecer. quem estava do lado de quem estava gravando vai ser cassado para falar como a pessoa era, compreendeu?», declara mensagem postada em redes sociais pela quadrilha.

Numa de suas únicas fotografias obtidas pela polícia, ele aparece de roupa preta ao lado de criminosos armados e com roupas camufladas ostentando um fuzil, um colar valioso, que só usam os chefes, e anéis que formam o nome Rogério 157, o traficante Rogério Avelino da Silva, preso em 2018 e condenado a 32 anos de prisão. Mesmo preso na penitenciária federal de Porto Velho, em Rondônia, ele continua dando as cartas na Rocinha.

Rogério 157 destituiu do poder José Carlos de Souza Silva, o Gênio, e Faz 2 anos, colocou em seu lugar Johnny Bravo e Leandro Pereira da Rocha acusado. Leandro Pereira da Rocha é o Bambu. Mesquita abordou Bambu, mas não o identificou na hora. Passados alguns instantes, seguranças da ladrinha foram socorrê-lo e mataram o militar com quatro tiros.

— Johny Bravo é um dos piores traficantes de quem eu já tive notícia. Durante o combate da Rocinha entre o Nem e o 157, Bravo e os seguranças dele foram os únicos que não saíram da comunidade. Mesmo com a intervenção do Exército e aquela quantidade toda de policiais, ele encontrou uma maneira de permanecer na comunidade. É um traficante que tem uma cabeça de “empresário” e de “combate” ao mesmo tempo, o que é meio difícil de se ver. Em geral, eles são um ou outro, mas ele tenta juntar os dois lados. Johny é a espécie de ladrinha que não posta nada, não gosta que tirem sua fotografia, se o reserva e meio neurótico com o corpo. Gosta de malhar. Em cada um de seus esconderijos há uma mini academia de ginástica — contou uma fonte na polícia.

Na sua vez, o Portal dos Procurados oferece uma recompensa de mil reais por pistas que levem à prisão de Johny Bravo. Um perfil dele no site do portal informa que Johny assumiu o controle da parte baixa da Rocinha após uma invasão na comunidade, feita a mando de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, preso num presídio federal.

Ainda que se afastou Gênio por causa de sua relação ostensiva com a população de a Rocinha, a fonte declarou.

— Ele atacava habitantes, punha barricadas para controlar os acessos, chegava a pedir a identificação de pessoas. Na cadeia hierárquica do crime, Bravo era o 03 ou 04 sob o comando do 157, mas acredito que por questão de habilidade mesmo acabou assumindo. Bambu, ao que parece, é um bobinho e no caso do soldado Mesquita quase foi preso. Nessa, o Bravo ganhou força — contou.

Depois da divulgação do flagrante de traficantes fortemente armados escoltando Johnny Bravo, a Polícia Militar informou que ações na comunidade para prender traficantes não podem ocorrer depressa, mesmo com criminosos circulando livremente. As ladrinhas portavam pelo menos 22 fuzis. A PM declarou que a Unidade de Polícia Pacificadora da Rocinha atua dentro de seus limites operacionais.

Já a Polícia Civil declarou que há, através da 11ª DP , «um inquérito em curso acerca da quadrilha que comanda o tráfico de drogas na região».

Faz 1 mês, de acordo com a Polícia Civil, ladrinhas de a Rocinha apoiaram uma invasão acontecida em o Complexo de São Carlos, em a região central de o Rio, em o final de este ano. Na ocasião, uma mulher foi morta por uma bala perdida. A atendente Ana Cristina da Silva, de 25 anos, protegia o filho quando e acabou sendo atingida.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Porto Velho

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Quem é Johnny Bravo, chefe do tráfico que aparece em vídeo com escolta armada em baile na Rocinha
>>>>>Vídeo mostra homem apontado como chefe do tráfico na Rocinha com cúmplices armados em baile funk – September 16, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Confundidos com milicianos, turistas paraenses são sequestrados e torturados por traficantes na Rocinha – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Confundidos com milicianos, turistas paraenses são sequestrados e torturados na Rocinha – September 12, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Confundidos com milicianos, turistas paraenses são sequestrados e torturados por traficantes na Rocinha – September 14, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Johny Bravo 80 530 PERSON 16 Johny: 2, (tacit) ele (referent: Johny): 1, (tacit) ele/ela (referent: Johny_Bravo): 10, (tacit) ele/ela (referent: Johny): 2, Johny_Bravo: 1
2 Nem 0 60 ORGANIZATION 7 o Nem: 2, (tacit) ele/ela (referent: o Nem): 3, Ele (referent: o Nem): 1, ele (referent: o Nem): 1
3 Rogério da Avelino Silva 0 50 PERSON 4 ele (referent: o nome Rogério): 1, (tacit) ele/ela (referent: Rogério): 1, Rogério: 1, o nome Rogério: 1
4 Rocinha 0 0 ORGANIZATION 4 a Rocinha: 4
5 preso 0 240 NONE 3 preso: 3
6 Johnny Bravo 0 0 PERSON 3 Bravo: 1, seu lugar Johnny_Bravo: 1, Johnny_Bravo: 1
7 Mesquita 0 0 PERSON 3 Mesquita: 1, (tacit) ele/ela (referent: Mesquita): 1, soldado Mesquita: 1
8 comunidade 0 0 NONE 3 a comunidade: 3
9 quadrilha 0 0 NONE 3 a quadrilha: 1, quadrilha: 2
10 anéis o traficante rogério_avelino_da_silva preso em 2018 e condenado a 32 anos de prisão 0 640 NONE 2 anéis o traficante Rogério_Avelino_da_Silva preso em 2018 e condenado a 32 anos de prisão: 2