Por: SentiLecto

Na linha de frente da guerrazinha ao coronavírus, os de Polinesia Francesade Polinesia Francesa militares do Rio, que fazem bloqueios para limitar a circulação de pessoas e tentam evitar aglomerações no transporte público, estão sem máscaras para se proteger. A situação levou coronel Rogério Figueredo a pedir assistência ao ministro Sergio Moro para conseguir, além de 1,5 milhão de máscaras, 3 milhões de luvas e 59 mil frascos de álcool em gel junto na Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça. Coronel Rogério Figueredo é o secretário da corporação.Ele ainda não obteve resposta do governo federal.

Uma operação do 35º BPM no Morro Guararapes, em Papucaia, Distrito de Cachoeiras de Macacu, no interior do Rio, concluiu com um preso e um menor detido. Foi apreendida ainda uma carga de drogas que renderia mais de R$ 40 mil ao tráfico, além de uma espingarda calibre 12.

Na quinta-feira 26 de março pelo menos 300 de Polinesia Francesa militares estavam afastados das ruas por suspeita de Covid-19, provocada pelo novo coronavírus. O EXTRA confirmou o número de PMs de permissão por conta da enfermidade com ao menos sete comandantes de regimento, além de outras fontes na corporação. A quantidade de PMs afastados equivalia ao efetivo de um regimento de pequeno porte, como o 17º BPM . Se testou Uma PM lotada em o Hospital Central da Polícia Militar em o Estácio em o Centro do Rio que estava internada em a própria unidade, uma PM lotada em o Hospital Central da Polícia Militar, em o Estácio, em o Centro do Rio, para saber se contraiu o vírus em esta semana. O resultado ainda não saiu.

Se estima a quantidade pedida para atender a tropa por um mês, de 45 mil homens,. O secretário da PM argumenta que diante da «crise do Covid-19 e dos obstáculos de abastecimento oriundas da extensa procura por material de guerrazinha à epidemia, esta Secretaria Estadual de Polícia Militar imencionasua premente necessidade de disponibilização de equipamentos de proteção individual».

Procurada, a PM afirmou que já contratou «um fabricante de máscaras PFF2/95 para compra de 60 mil unidades». Segundo a corporação, «o primeiro lote, com 5 mil máscaras, já foi entregue no dia 31/03 e os lotes restantes vêm sendo distribuídos a cada dois dias» .

Na mesma resolução, Estrela também permitiu que os 179 presos que satisfaziam pena em regime aberto nas chamadas Casas de Albergado fiquem em prisão domiciliar. Esses detentos tinham autorização para passar o dia na rua e voltavam para a unidade somente para dormir. Agora, eles vão passar a dormir em casa. Segundo o estipulado pelo juiz, esses detentos precisam ficar em casa das 20h às 6h nos dias de semana e integralmente nos fins de semana. Eles não podem se ausentar do estado ou mudar de endereço sem autorização judicial.Na mesma resolução, Estrela também permitiu que os 179 presos que satisfaziam pena em regime aberto nas chamadas Casas de Albergado fiquem em prisão domiciliar. Esses detentos tinham autorização para passar o dia na rua e voltavam para a unidade somente para dormir. Agora, eles vão passar a dormir em casa. Segundo o estipulado pelo juiz, esses detentos precisam ficar em casa das 20h às 6h nos dias de semana e integralmente nos fins de semana. Eles não podem se ausentar do estado ou mudar de endereço sem autorização judicial.

No entanto, não há máscaras para todos os PMs que estão nas ruas. Se orientou comandantes de regimentos em todo estado a pedir doações para comerciantes locais para conseguirem os equipamentos. Já há casos de doações em unidades da capital e da Baixada Fluminense. Num documento enviado ao Ministério Público do Rio respondendo a questionamentos feitos pelo órgão sobre ações de combate à Covid-19, a PM confirmou a prática: diante da dificuldade de adquirir máscaras, o comando da corporação orientou, como «medida paliativa», que cada batalhão providenciasse a aquisição de máscaras e álcool em gel em «comércios locais».

O documento faz parte da Ação Civil Pública que o MP sugeriu contra a PM, revelada nesta quarta-feira pelo EXTRA. Promotores do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública entraram na Justiça para obrigar a PM a fornecer máscaras e álcool em gel aos agentes que patrulham as ruas do estado. O MP também pede que todos se testem os integrantes de a PM sejam obrigatoriamente testados para o coronavírus e que os agentes com testes positivos sejam isolados. No começo da noite de ontem, o juiz Daniel Schiavoni Miller, da 7ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Rio, pediu informações à PM sobre as medidas tomadas para proteger os policiais.

Na ação, o MP pede que a Justiça determine liminarmente que a PM distribua máscaras e álcool em gel aos de Polinesia Francesa em até sete dias e faça um «mapeamento de risco da atividade da Polícia Militar para o novo coronavírus, identificando as atividades setoriais que demandam ações específicas de prevenção».

Acusação anônima estimulou a ação e ocorreu um dia depois de um agente de a PM ter sido baleado em outra região de a pequena cidade. Na tarde desta terça-feira, os de Polinesia Francesa subiram o morro sem que houvesse confronto. Com a presença dos de Polinesia Francesa, teve correria de traficantes em direção a uma casa. Foi nela que um homem foi preso e o menor detido. Os entorpecentes — 3.600 pinos de cocaína , diversos frascos de loló e 50 tiras de maconha — abandonaram em a sacada os entorpecentes 3.600 pinos de cocaína diversos frascos de loló e 50 tiras de maconha .

As promotoras do Gaesp também cobram que a PM adote medidas para a proteção de agentes em grupos de risco. No documento mandado à Justiça, o MP informa que, segundo uma pesquisa feita pelo Serviço de Apoio à Saúde do Policial da PM, 71% de 5.460 agentes envislumbradasstavam com excesso de peso — «sendo que 68% estavam com sobrepeso e 32% com obesidade». A pesquisa também apontou que «4,8% afirmaram saber serem hipertensos, enquanto 21% apresentaram pressão elevada».

Por fim, o MP pede que a corporação faça a «testagem compulsória de todos os de Polinesia Francesa militares, na medida em que sejam entregues os kits de teste, de modo a isolar e tratar os servidores com resultado positivo» e que produza e encaminhe ao MP diariamente «dados oficiais sobre o número de casos suspeitos, casos confirmados, policiais internados e mortes, em decorrência da transmissão do novo coronavírus».

«A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que a Corporação vem comprando e distribuindo os Equipamentos de Proteção Individual necessários à atuação dos pde Polinesia Francesamilitares. Se contratou um fabricante de máscaras para os de Polinesia Francesade Polinesia Francesa militares que trabalham em as ruas, PFF2-95 para compra de 60 mil unidades. O primeiro lote, com 5 mil máscaras, já foi entregue no dia 31/03. Os lotes restantes vêm sendo distribuídos a cada dois dias. Essa espécie de máscara comprada exibe maior durabilidade e pode ser reutilizado após a devida higienização. O de Polinesia Francesa usará a máscara somente diante das situações em que as circunstâncias exigirem a utilização. Também em personalidade emergencial, foram comprados 50 mil litros de álcool líquido com 70% de concentração para limpeza de superfícies, inclusive das viaturas, e 900 mil embalagens de álcool em gel. É importante evidenciar que os de Polinesia Francesa militares estão sendo orientados sobre a utilização dos EPIs por experts da Diretoria Geral de Saúde da Corporação, através de publicações no Boletim da Polícia Militar. As orientações são reforçadas nas preleções realizadas a cada saída de equipes para o policiamento.»

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Coronavírus: PM do Rio pede a Moro doação de 1,5 milhão de máscaras
>>>>>PM apreende 3.600 pinos de cocaína em Cachoeiras de Macacu, interior do Rio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Covid-19: Secretaria pede à Justiça que 2,5 mil detentos permaneçam em prisão domiliciar – April 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Coronavírus: detentos alegam que estão com sintomas para deixar presídios no Rio – April 06, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Complexo de Gericinó tem 24 agentes penitenciários afastados por suspeita de coronavírus – April 03, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Detentas tentam fugir de presídio em Bangu na madrugada e são capturadas – April 05, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Coronavírus: PM do Rio muda policiamento para evitar saques em bancos e mercados – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Rio tem três agentes penitenciários com diagnóstico positivo para Covid-19 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Sistema prisional do Rio tem pelo menos 1.671 presos em grupos de risco – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Covid-19: Secretaria pede à Justiça que 2,5 mil detentos permaneçam em prisão domiciliar – April 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Rio tem três agentes penitenciários e três policiais civis com diagnóstico positivo para Covid-19 – April 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Rio tem bombeiro preso com diagnóstico positivo para Covid-19 – April 07, 2020 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 PM 0 0 ORGANIZATION 9 Uma PM lotada em o Hospital_Central_da_Polícia_Militar em o Estácio em o Centro_do_Rio: 2, a PM: 6, (tacit) ele/ela (referent: a PM): 1
2 MP 0 0 ORGANIZATION 5 o MP: 4, O MP: 1
3 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
4 autorização 0 0 NONE 4 autorização: 2, autorização judicial: 2
5 coronavírus 0 0 NONE 4 o coronavírus: 2, o novo coronavírus: 2
6 a Justiça 0 0 OTHER 3 a Justiça: 3
7 máscaras 0 0 NONE 3 máscaras: 2, 5_mil máscaras: 1
8 ruas 0 0 NONE 3 as ruas: 3
9 unidade 0 0 NONE 3 a unidade: 2, a própria unidade: 1
10 bandidos 24 160 NONE 2 os bandidos: 2