Por: SentiLecto

Dois anos após ser flagrado em um show com milicianos sua expulsão de a corporação . , a PM submeteu o cabo Vinicius Castro de Oliveira a um processo disciplinar que pode culminar em a sua expulsão da corporação. Faz 2 anos, de 7 de abril de 2018, Oliveira, que foi um de os quatro PMs flagrados em o sítio, estava em um sítio em Santa Cruz, em a Zona Oeste do Rio que foi alvo de uma operação de a Polícia Civil para prender Wellington da Silva Braga o Ecko, chefe de a maior milícia de o Rio,,, em a madrugada. Na ocasião, 159 pessoas que estavam no local assistindo shows de pagode foram detidas. Ele estava com duas armas — uma delas, uma pistola registrada em nome de outro PM, um sargento reformado. Os outros três policiais ainda estão sendo investigados.

Por fim, o MP pede que a corporação faça a «testagem compulsória de todos os de Polinesia Francesa militares, na medida em que sejam entregues os kits de teste, de modo a isolar e tratar os servidores com resultado positivo» e que produza e encaminhe ao MP diariamente «dados oficiais sobre o número de casos suspeitos, casos confirmados, policiais internados e mortes, em decorrência da transmissão do novo coronavírus».

Na quarta-feira 01 de abril a Polícia Militar do Rio mudou o policiamento em todo o estado por conta da pandemia de coronavírus. Desde o último dia 23, o comando da corporação determinou que todos unidades operacionais da corporação façam comboios em áreas com concentração de supermercados e bancos para evitar saques e arrombamentos. Faz 1 dia, a ordem valia, novo prazo dado por o governador Wilson Witzel para a medidas restritivas de circulação em o estado.

O PM teve a autorização para portar armas revogada e sua carteira funcional recolhida pela corporação. Segundo a resolução que submeteu o PM ao processo administrativo, «as atitudes do cabo Oliveira mostraram-se opostas àquelas ministradas e exigidas a todos os membros desta bicentenária corporação, expondo negativamente a imagem da Polícia Militar, servindo de mau exemplo aos seus pares e subordinados».

Se estima a quantidade pedida para atender a tropa por um mês, de 45 mil homens,. O secretário da PM argumenta que diante da «crise do Covid-19 e dos obstáculos de abastecimento oriundas da extensa procura por material de guerrazinha à epidemia, esta Secretaria Estadual de Polícia Militar imencionasua premente necessidade de disponibilização de equipamentos de proteção individual».

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora pediu a transferência do cabo brasileira, se o lota onde , por conta da submissão de o cabo a o processo administrativo. Os outros três PMs que estavam no local são um sargento, um cabo e uma soldado — que se a lota até hoje em o regimento de o bairro onde ocorreu o show, o 27º BPM.

A Justiça De as 159 pessoas que foram detidas em aqua Justiça madrugada , nenhuma condenou ela. A maior parte dos capturados não tinha ligação com a milícia: eram habitantes da região — dominada por paramilitares — que pagaram por seus ingressos e estavam no local para assistir aos shows de pagode. O Ministério Público só ofereceu acusação contra 18 homens e, se inocentou todos eles em agosto de o ano passado, . Ainda que se os flagrou, de acordo com a sentença, assinada pelo juiz Juarez Costa de Andrade, da 2ª Vara Criminal de Santa Cruz, «não foram os acusados presos na posse das armas e munições apreendidos, tampouco com o material usado pela milícia, sendo certo não em qualquer prática delituosa».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil, Bolivia

Cities: Santa Cruz, Brasilia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>PM abre processo para expulsar cabo flagrado em show com milicianos
>>>>>Coronavírus: PM do Rio pede a Moro doação de 1,5 milhão de máscaras – April 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>PM apreende 3.600 pinos de cocaína em Cachoeiras de Macacu, interior do Rio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Covid-19: Secretaria pede à Justiça que 2,5 mil detentos permaneçam em prisão domiliciar – April 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Coronavírus: detentos alegam que estão com sintomas para deixar presídios no Rio – April 06, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Complexo de Gericinó tem 24 agentes penitenciários afastados por suspeita de coronavírus – April 03, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Detentas tentam fugir de presídio em Bangu na madrugada e são capturadas – April 05, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Coronavírus: PM do Rio muda policiamento para evitar saques em bancos e mercados – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Rio tem três agentes penitenciários com diagnóstico positivo para Covid-19 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Sistema prisional do Rio tem pelo menos 1.671 presos em grupos de risco – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Covid-19: Secretaria pede à Justiça que 2,5 mil detentos permaneçam em prisão domiciliar – April 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Rio tem três agentes penitenciários e três policiais civis com diagnóstico positivo para Covid-19 – April 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Rio tem bombeiro preso com diagnóstico positivo para Covid-19 – April 07, 2020 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 PMs 30 40 OTHER 5 (tacit) ela (referent: PMs): 2, os quatro PMs flagrados: 1, PMs: 2
2 PM 35 60 ORGANIZATION 4 o PM: 1, a PM: 1, O PM: 1, outro PM: 1
3 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
4 MP 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: o MP): 1, o MP: 2
5 local 0 0 NONE 3 local: 3
6 pessoas 0 0 NONE 3 159 pessoas: 2, as 159 pessoas: 1
7 processo 0 0 NONE 3 um processo: 1, o processo administrativo: 2
8 Vinicius Castro de Oliveira 0 40 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: o cabo Vinicius_Castro_de_Oliveira): 1, o cabo Vinicius_Castro_de_Oliveira: 1
9 as 159 pessoas 0 25 NONE 2 (tacit) elas (referent: as 159 pessoas): 1, (tacit) eles/elas (referent: as 159 pessoas): 1
10 Oliveira 0 0 PERSON 2 Oliveira: 2